5 hábitos que afetam a produtividade das empresas brasileiras

Apesar de sermos um dos povos que trabalha por mais tempo, a nossa produtividade não é uma das maiores do mundo. A culpa disso é, por muitas vezes, nossa. Um relaxamento extra aqui, uma olhadinha na rede social ali e pronto, perdemos horas de trabalho.

Por isso, é essencial criar um hábito daquilo que é saudável no meio corporativo. Hábito nada mais é que aquilo que se faz rotineiramente, por muitas vezes até sem perceber. No ambiente de trabalho, hábitos podem atrapalhar e muito a produtividade diária e gerar problemas imensos em nosso local de trabalho — como um relatório que não foi entregue no prazo previsto, por exemplo.

Paulo Crepaldi, especialista em Liderança Situacional e Poder e Influência Positiva e diretor da ING Marketing & Training, elaborou os cinco hábitos negativos mais comuns dos brasileiros no meio profissional:

Não lidar bem com mudanças repentinas

“Não se mexe em time que está ganhando”. Segundo Crepaldi, essa frase extremamente comum nas organizações ao redor do país é uma das causadoras do mal chamado "zona de conforto".

Receber pedidos inesperados, como quando o chefe pede para que estenda mais um pouquinho o seu horário de trabalho um ou dois dias a mais pode ser uma surpresa desagradável. No entanto, segundo ele, é preciso tomar cuidado com suas reações, inclusive as não verbais, pois o corpo sente o que a boca não fala e demonstra involuntariamente.

Vício em redes sociais

"Deixar o celular em cima da mesa, bem ao lado do teclado, ou em qualquer outro lugar que fique no seu campo de visão imediato; ou até logar em suas redes sociais logo no início do expediente para acompanhar todas as atualizações do dia, já é um costume", diz Crepaldi.

Porém, ao desviar a atenção para verificar mais uma notificação, o foco da atividade que você estava executando pode ser perder rapidamente. Por isso, foco em ambiente de trabalho é tudo, e começar uma tarefa e ir até o fim dela é essencial para a boa performance e entrega pontual.

Falta de pontualidade

O “snooze”, ou soneca em português, é uma alternativa conhecida do despertador para dar aqueles 5 minutinhos a mais de sono.

"Contudo, ela é uma das maiores armadilhas para aqueles que insistem em chegar atrasado ou colocar a culpa no trânsito de sempre. Atrasar não é o problema, mas quando chegar tarde se torna crônico, a mensagem transmitida é que não há a mínima importância para a agenda dos outros. Além disso, as pessoas querem confiar em você e esse é o primeiro sinal para o contrário", afirma o especialista.

Excessos no home office

O home office surgiu em meio à necessidade de mais tempo para as tarefas pessoais, gerando mais liberdade e conforto e evitando o estresse da locomoção até o local de trabalho.

Porém, segundo o diretor da ING Marketing & Training, "é importante dedicar o tempo de trabalho em casa às atividades do escritório e não às tarefas domésticas. Estar disponível para seus colegas, liderados e líderes durante todo o horário de trabalho é o mínimo. Caso contrário, esse tipo de abuso poderá não só conflitar com seus interesses, mas com o conforto de outros que também usufruem dessa vantagem".

Muitos breaks

Muitas jornadas de trabalho são cansativas. Estar nessa rotina pode ser angustiante. Com isso, muitos costumam fazer pausas no trabalho para aliviar o estresse diário. A tática é boa, mas deve ter limites.

"É claro que para aliviar o estresse e cansaço, precisamos fazer uma pausa e deixar as tarefas de lado por alguns minutos. O problema é quando tomar café, sair para fumar e ir ao banheiro por longos minutos ou mais de 6 vezes ao dia passa a ser sua rotina.A solução é associar seus momentos de pausa como recompensa por tarefas finalizadas, ou seja, a cada conclusão ofereça a si um momento para relaxar, acostume seu organismo e sua mente com recompensas e assim você terá mais sucesso no ambiente empresarial.", acredita Paulo.

Fonte: Administradores - 09/03/2016

Cotações e Índices

Moedas - 14/12/2018 16:03:52
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,900
  • 3,901
  • Paralelo
  • 3,880
  • 4,080
  • Turismo
  • 3,750
  • 4,060
  • Euro
  • 4,407
  • 4,408
  • Iene
  • 0,034
  • 0,034
  • Franco
  • 3,913
  • 3,912
  • Libra
  • 4,900
  • 4,903
  • Ouro
  • 152,150
  •  
Mensal - 06/12/2018
  • Índices
  • Set
  • Out
  • Inpc/Ibge
  • 0,21
  • 0,40
  • Ipc/Fipe
  • 0,39
  • 0,48
  • Ipc/Fgv
  • 0,34
  • 0,48
  • Igp-m/Fgv
  • 1,52
  • 0,89
  • Igp-di/Fgv
  • -
  • 0,26
  • Selic
  • 0,47
  • 0,54
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,55
  • 0,55
  • TR
  • -
  • -

Agendas Tributárias

  • 14/Dezembro/2018
  • CIDE | Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico.
  • COFINS/PIS-PASEP | Retenção na Fonte – Autopeças.
  • Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais (EFD-Reinf)
  • Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais Previdenciários e de Outras Entidades e Fundos (DCTFWeb)
  • EFD Contribuições.
META CONTABILIDADE LTDA.
Rua das Arraias, 80   |   Parque Residencial Aquarius - Sala 01   |   São José dos Campos/SP
Fone: (12) 2135.0400 - Fax: (12) 2135.0430   |   meta@metacontabilsjc.com.br
Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)