Auditores fiscais são contra idade mínima para aposentadoria

Uma das maiores apostas do governo para diminuir as despesas obrigatórias, a reforma da Previdência Social enfrenta resistência por parte da Anfip (Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil). Os auditores veem com "preocupação a intenção do governo de, mais uma vez, modificar as regras para concessão das aposentadorias na Previdência Social" e são contra a criação de uma idade mínima para a aposentadoria.

Para o presidente da Anfip, Vilson Romero, a definição de uma idade mínima não é compatível com o tamanho do Brasil.

— Uma das possibilidades para reduzir o déficit da Previdência é diminuir as renúncias.

Proposta para nova aposentadoria ajuda trabalhador agora, mas prejudica filhos e netos

Entre as sugestões apresentadas pela associação para diminuir o déficit da Previdência está "convocar o agronegócio a contribuir para a redução do desequilíbrio" entre a previdência rural e a urbana.

Na avaliação de Romero, uma maior contribuição por parte do agronegócio é justa, mas enfrenta resistência por parte da ministra da Agricultura, Kátia Abreu, e da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil).

A Anfip argumenta ainda que a Previdência Social paga, mensalmente, R$ 32,6 milhões em benefícios, sendo que R$ 5,4 milhões são aposentadorias por tempo de contribuição.

— O estabelecimento de uma idade mínima estaria direcionado para estas aposentadorias, que incluem porcentual pequeno do total de pagamentos previdenciários.

Ministro diz que nova fórmula de aposentadoria vai deixar Previdência "insustentável"

De acordo com dados da associação, a Seguridade Social, que abrange a Previdência Social, Saúde e Assistência Social, foi em 2014 superavitária em R$ 53,9 bilhões.

Segundo a associação, o governo deverá enfrentar dificuldades para a aprovação no Congresso Nacional de idade mínima em meio à atual crise política e em pleno ano eleitoral. A entidade considera a chance de aprovação da matéria como "pequena".

Fonte: R7 - 11/02/2016

Cotações e Índices

Moedas - 14/12/2018 10:34:02
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,902
  • 3,904
  • Paralelo
  • 3,870
  • 4,070
  • Turismo
  • 3,750
  • 4,060
  • Euro
  • 4,405
  • 4,408
  • Iene
  • 0,034
  • 0,034
  • Franco
  • 3,914
  • 3,914
  • Libra
  • 4,901
  • 4,905
  • Ouro
  • 152,150
  •  
Mensal - 06/12/2018
  • Índices
  • Set
  • Out
  • Inpc/Ibge
  • 0,21
  • 0,40
  • Ipc/Fipe
  • 0,39
  • 0,48
  • Ipc/Fgv
  • 0,34
  • 0,48
  • Igp-m/Fgv
  • 1,52
  • 0,89
  • Igp-di/Fgv
  • -
  • 0,26
  • Selic
  • 0,47
  • 0,54
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,55
  • 0,55
  • TR
  • -
  • -

Agendas Tributárias

  • 14/Dezembro/2018
  • CIDE | Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico.
  • COFINS/PIS-PASEP | Retenção na Fonte – Autopeças.
  • Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais (EFD-Reinf)
  • Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais Previdenciários e de Outras Entidades e Fundos (DCTFWeb)
  • EFD Contribuições.
META CONTABILIDADE LTDA.
Rua das Arraias, 80   |   Parque Residencial Aquarius - Sala 01   |   São José dos Campos/SP
Fone: (12) 2135.0400 - Fax: (12) 2135.0430   |   meta@metacontabilsjc.com.br
Site desenvolvido pela TBrWeb (XHTML / CSS)